CONHEÇA OS CHEFs QUE ESTÃO RENOVANDO A GASTRONOMIA DE MANAUS

em

               Os chefs, da esq. para dir.:Thiago Santana, Pio Câmara, Érika Rodrigues, Klinger Nascimento, Thiago Castro e Bianca Paes

Os chefs, da esq. para dir.:Thiago Santana, Pio Câmara, Érika Rodrigues, Klinger Nascimento, Thiago Castro e Bianca Paes (Antônio Lima, Evandro Seixas, Euzivaldo Queiroz e Divulgação)

A cozinha da capital amazonense tem passado por uma verdadeira “revolução gourmet” nestes últimos anos, com casas de renome surgindo na cidade, buscando oferecer ao manauara o melhor tanto da culinária de vários cantos do mundo quanto da própria Região, explorando novas nuances de sabor ou atualizando comidas clássicas.

O requinte, ao invés de exceção, passou a ser norma, e gerou uma demanda por “haute cuisine” na cidade, que viu explodir o número de restaurantes do gênero, bem como o início de uma constante atualização no setor de alimentação, que hoje olha com frequência para tendências globais atrás de coisas novas, como a recente onda de food trucks e food bikes.

O BEM VIVER selecionou seis dos chefs que estão trazendo o frescor à cena local e montou um roteiro no qual eles falam um pouco sobre seu ofício, seus pratos e sua trajetória.

Eles vêm de diferentes épocas, têm as mais variadas formações e suas empreitadas têm suas distinções no quesito “quilometragem”: enquanto Thiago Santana, do Ferrugem Rock Gourmet, comanda o local há cinco anos, por exemplo, Pio Câmara abriu o Restaurante Imperador há apenas quatro meses.

Os chefs também apostam em comidas bem distintas entre si: nesta matéria, você poderá conferir desde a mais refinada cozinha francesa aos célebres quitutes de botequim, passando por pães e doces para a sobremesa. Bom apetite!

Thiago Santana (Ferrugem Rock Gourmet) 

Thiago é autodidata, sempre gostou de cozinhar para os irmãos e tem nas lembranças dos pratos da avó e dos pais a inspiração gastronômica. O dono do boteco chegou a fazer a faculdade de gastronomia, mas desistiu do curso por não ser o que esperava, mas ele garante que busca aprender de outras formas.

“Compro muitos livros, testo técnicas, conheço outros lugares e os chefs, além de fazer curso com outros chefs. Foco também na qualidade e higiene, algo primordial na cozinha. Além disso, converso muito com meus amigos que são chefs aqui”, explicou o cozinheiro.

Ele garante que o cliente sai satisfeito do bar e explicou o que é o Ferrugem. “É um boteco da comida brasileira conhecido pela língua na chapa e a farofa brasileira, prato que garantiu o primeiro lugar no Comida de Boteco de 2011 e o nosso carro chefe. Um boteco se caracteriza por uma comida boa, com preço acessível e de qualidade. Acho que nossos preços são bons para o nosso estilo”, garante Thiago.

Pio Câmara (Imperador)

Pio Câmara é movido por paixão. De origem carioca, o chef foi responsável por várias cozinhas nos Estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina, antes de vir para Manaus por conta de sua noiva. “Me formei na Accademia Gastronômica, em SP, e tive experiência com muitos tipos de culinária”, contou. 

Chegando aqui, Pio se encantou pela cidade e, decidido a ficar, montou um negócio bem-sucedido de comida delivery. “Eu cozinhava em casa mesmo e a vendia em marmitas. Deu tão certo que consegui montar meu restaurante só com isso”, contou.

O local sob sua batuta, o Imperador, é bem recente (está aberto há 4 meses) e tem como especialidade os grelhados. “Vamos do filé ao T-bone, servimos salmão também. O prato que mais sai é Filé Real, um filé mignon servido com um molho de tomate seco flambado e um purê de batata frito, recheado com catupiry, que é novidade aqui”, explicou.

Perguntado sobre a sua motivação à frente do novo local, ele explica que a manutenção da qualidade e da novidade é essencial. “Acredito em servir comida boa com preço justo e eu mantenho isso desde o serviço de delivery. Com o restaurante, me mantenho aberto a tudo e todo mês crio um prato novo. Isso me motiva”, falou.

Érika Rodrigues (Miss Doçura)

A jornada de Érika Rodrigues para ficar  à frente do Miss Doçura começou de forma inusitada. “Eu comecei minha carreira acadêmica fazendo Administração, porque eu sempre quis ser dona do meu próprio negócio, só não sabia do que ele seria”, relembra a chef. 

Nesse meio tempo, uma viagem para São Paulo, onde seus irmãos moravam, acabou sendo providencial. “Foi lá que acabei cursando gastronomia no Senac Santo Amaro. Uma vez formada, trabalhei uns seis meses e fui me especializar em pães e doces em Paris”, explicou Érika.

A escolha, segundo ela, veio de um paixão por pães e não por doces. Estes últimos só  caíram nas graças de Érika durante o período em que passou  na França. De volta a Manaus, a chef abriu o Miss Doçura, em 2012.

Feliz com o sucesso da casa, agora ela planeja  o futuro. “Meu foco não é tanto no meu espaço, mas sim nos meus produtos, então pretendo fornecer mais para outros lugares, como mercados, por exemplo”, concluiu.

Klinger Nascimento (Domus)

Há responsabilidade sobre os ombros de Klinger Nascimento. O amazonense, que se formou em gastronomia em 2010 pelo Ciesa e hoje comanda o Restaurante Domus, tem a difícil missão de manter a qualidade e o nome da casa, idealizada por chef francês Francis Barlier, falecido este ano. 

O desafio, no entanto, o motiva. “Com esse tempo desde que me tornei responsável pela cozinha da casa tem sido gratificante notar a preferência dos clientes pelo meu tempero e pela minha comida. A recepção tem sido satisfatória”, comentou.

A satisfação não é à toa: Klinger é devotado à profissão, o que se reflete nos seus pratos. “Sou apaixonado por fazer comida para pessoas e vê-las contentes com isso”, declarou.

De Francis, ele herdou o conhecimento de mais de 35 anos de profissão do chef francês, bem como um espaço com o qual tem profunda relação. “Eu estagiei no Domus quando ainda estava na faculdade. Quando saí, fui trabalhar na cozinha do Park Suites Hotel, mas só fiquei lá por 30 dias, porque me ligaram do Domus e eu voltei para cá na hora”, recontou.

Devido às suas origens, o Domus foca em pratos franceses e a variedade de insumos nos estoques do restaurante mantém Klinger constantemente estimulado. No entanto, ele não descarta se aventurar na culinária amazônica. “A nossa cozinha é bem interessante e ampla. Gostaria de trabalhar com ela um dia, em uma casa própria”, explicou.

Thiago Castro (Brigadore Brigadeiros Gourmet) 

Cozinheiro desde criança, o design Thiago Castro começou de uma forma inusitada nos negócios adocicados. “Eu sempre fiz doces, mas do que adianta fazer comida bonita e não provocar aquela inveja nos amigos? Então comecei a postar meus doces no Instagram, quando num desses posts uma pessoa perguntou se eu fazia um bolo de chocolate belga por encomenda. Foi nesse momento que tudo começou”, explicou o doceiro.

Depois da chuva de encomendas para bolos e brigadeiros, Thiago viu a necessidade de ter um espaço para vender os produtos que fazia, por isso ele e um amigo e sócio, criaram a “Brigadore”, que nesses três anos de existência já possui três lojas.

Especialista em brigadeiros, ele diz que os doces que a empresa mais vende é o brigadeiro belga e o de leite ninho. “Fiz um curso de brigadeiro gourmet em São Paulo. Nosso carro chefe é o brigadeiro tradicional belga com 3 tipos diferentes de chocolates, para garantir uma experiência diferente de degustação, e o de leite ninho”, disse Thiago.

Uma curiosidade é a temática de alguns produtos. “Procuramos sempre inovar e acho que as datas especiais são o momentos de diferenciar. Mas tem aquelas datas que algumas pessoas julgam menos importante, como por exemplo o 17 de maio, que é o Dia Internacional Contra a Homofobia. Por isso que eu crio produtos especiais, como é o caso do bolo no pote colorido que foi confeccionado neste período e disponibilizado com etiqueta sobre a data. Confesso que eu executo essas ideias do nada”, enfatizou Thiago. 

Bianca Paes Barreto (Bless Restaurant)

Bianca garante que seu amor pela gastronomia começou há muito tempo, quando fazia a “gororoba” para o pai e que a sua referência são as mulheres da família.

“Na minha casa sempre cozinhamos, minhas avós eram cozinheiras perfeitas e a minha mãe tinha uma mão mágica. Gostávamos de reunir nossos familiares para degustar uma boa comida, mas meu pai sempre foi meio chato para comer. Então, eu fazia uma comida para ele que chamávamos de gororoba”, explicou a chef.

Formada em gastronomia em Manaus, Bianca foi para Curitiba estagiar com o nacionalmente reconhecido chef Celso Freire e depois partiu para o Laurent de São Paulo, do chef francês Laurent Suaudeau. Participou de vários eventos gastronômicos no exterior como o Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL Europa), representando o Amazonas e o Taste of Brasil EUA.

Bia Paes é a chef do Bless Restaurant e destaca como os pratos mais vendidos e que ela tem um carinho especial o risoto de ossobuco e a sobremesa de queijo mascarpone com goiabada cascão. “A minha comida é inspirada nas pessoas que amo e essas pessoas são a minha família, que sempre me apoiou”.

Serviço

Ferrugem Rock Gourmet
Onde: Avenida Pedro Teixeira, 1000, Le Bon Marché, Bairro D. Pedro
Especialidade: Comida de boteco
Horários: Seg a sáb das 18h às 00h
Informações: (92) 98137-5497
Restaurante Imperador
Onde: Avenida Pedro Teixeira, 18, Bairro D. Pedro
Especialidade: Grelhados
Horários: Seg e ter das 11h às 15h, qua e qui das 11h às 15h e das 18h às 23h, e sex e sáb  das 11h às 15h e das 18h às 08h
Informações: (92) 3239-2482
Miss Doçura
Onde: Rua Guilherme Paraense, 464, bairro Adrianópolis
Especialidade: Cafés especiais, pães e doces
Horários: Seg a sáb das 7h às 19h50
Informações: (92) 3307-0839
Domus Enogastronomia
Onde: Rua Rio Madeira, 128, Bairro N.S. das Graças
Especialidade: Culinária francesa
Horários: Seg a sáb das 12h às 15h e das 19h às 22h
Informações: (92) 3584-1065
Brigadore Brigadeiros Gourmet
Onde: Rua Rio Içá, 525, Vieiralves (sede), N. S. das Graças
Especialidade: Brigadeiros e bolos gourmet
Horários: Seg a sex, das 10h às 19h, sáb das 12h às 18h e dom das 13h às 17h
Informações: (92)3308-7888 / 9203-0853 / 8240-8223
Bless Restaurante
Onde: Rua Rio Pauini, 16, Conj. Vieiralves, bairro N. S. das Graças
Especialidade: Regional gourmet
Horários: Seg a sáb das 19h a 00h
Informações: (92) 3345-1434

Fonte: ANDREZA CUNHA E LUCAS JARDIM

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s