REVELANDO SÃO PAULO DE 19 A 27 SETEMBRO EM VALINHOS.

A autêntica culinária caipira, caiçara e tropeira será destaque no Revelando São Paulo, que acontece em Valinhos, de 19 a 27 setembro.
Os sabores e aromas da mesa paulista, com toda a tradição do interior, faz uma mostra desta culinária em ranchos tropeiros, fogões a lenha e receitas de diferentes regiões de São Paulo. A área de gastronomia conta com 53 expositores de todo o Estado.
Durante todos os dias, culinaristas produzem na hora as mais variadas receitas para o público conhecer os saberes e fazeres da cozinha regional, despertando paladares com pratos como a Paçoca de Carne, Bolo de Roda, Bolinho Caipira, Requeijão de Prato, Buraco Quente e Linguiça Caipira. O público também poderá degustar quitutes como bolinho de chuva, a polenta, o bolo de fubá e um bom cafezinho da fazenda.
O evento é gratuito e funcionará das 9h às 21h. Outras atrações como música, artesanato, e celebrações religiosas fazem parte do evento. Mais informações podem ser encontradas no site http://www.revelandosaopaulo.org.br.
Destaques do cardápio
Buraco do Quente – Com uma tradição cinquentenária, o sanduíche de Pariquera-Açu, é um pão sem miolo, no qual é preenchido com carnes de boi e de porco, ambas temperadas e fritas na chapa. O lanche foi criado no bar do senhor Benedito, mais conhecido por Bar do B, e preserva a cultura local caiçara.
Paçoca de carne – Pilão, farinha de milho e mistura de carnes. Estes são os ingredientes base do prato de Pilar do Sul. A paçoca é considerada uma das iguarias tradicionais do universo tropeiro. Além da paçoca, a cidade também traz ao Revelando São Paulo, iguarias do milho verde como suco, bolo, sopa e bolinho feito com o bagaço do milho.
Carne na lata – Prato tradicional de Redenção da Serra, conservada como os tropeiros e caipiras de antigamente, armazenada junto à banha do porco, isto prolonga a durabilidade do alimento e confere um sabor apurado e único, acompanhada de tutu de feijão, torresmo, carne com batata, arroz e farofa.
Linguiça caipira – A porção do município de Olímpia é preparada com carne de porco e leite. Tradicional na região noroeste do Estado, principalmente em Olímpia, a linguiça também é conhecida como linguiça cuiabana. A responsável pela culinária de Olímpia, Maria Abadia Ferreira da Costa, conhecida como Nega Ba, que também é primeira rainha do Clube de Congado formado em Olímpia.
Bolinhos caipiras – Feitos de farinha de milho e de mandioca, com diversos recheios e formas – frango, carne, linguiça, pinhão. Os recheios são sempre bem temperados e colocados crus, para que o calor do fritar os cozinhe.
Requeijão de Prato – Do município de Lagoinha, o prato é feito exclusivamente com leite e sal. Depois de coalhado, o leite vai ao fogo, preferencialmente no fogão a lenha – devido à sua capacidade de manter o calor por mais tempo – e após adquirir consistência, é colocado em um prato, do qual toma a forma. Dentro de uma hora e meia, o requeijão está pronto para consumo.
TOME NOTA
Revelando São Paulo – Valinhos | Data: 19 a 27 de setembro | Horário: das 9h às 21h | Local: Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini | Entrada franca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s